Arquivo mensal: outubro 2013

Super Final Table – 10º Ranking MNPC

Chegamos enfim ao final de mais um Ranking MNPC. Um Ranking que era aguardado com apreensão pelos participantes. O motivo? O novo sistema de pontuação, que igualou as chances e visou pormenorizar as diferenças na parte de baixo da tabela, dando mais chance a todos. Outra mudança foi o aumento substancial do valor destinado à mesa final.

Do primeiro ao quarto colocado (Cristian, Fernando “Beiço”, Guto e Lucas Motta), todos chegaram à grande final ainda sonhando com o título. Já o quinto na tabela (Anderson) ainda precisaria de uma improvável combinação de resultados para buscar o lugar mais alto do pódio. Assim começou a SFT, com direito a um cheirinho de churrasco que invadia (literalmente, levado pela fumaça) a DUTX Pub.

A jogatina começou um pouco morna. No entanto, bastou começarem a baixar as malditas cervejas. Numa das jogadas, Doug proferiu célebre frase, em retaliação a um comentário depreciativo de Motta. Este último criticou: “horrível a tua jogada”, enquanto o presida responde: “o que pra ti é uma jogada ruim, pra mim é meu stack aumentando” (ou algo parecido).

O primeiro a usufruir do elixir da coragem (a cerveja) foi Potrick. Um all-in de 220 contra um simples bet alto de 20, de Guto, começou a agitar as coisas. Guto levaria tudo, mas não pagou para ver. Em seguida, o mesmo ‘corajoso’ abriu um AA no UTG e resolveu subir o jogo. Motta pagou, Doug foi all-in de 100, Anderson desistiu com seu QQ, Potrick pagou, Motta foi de all-in de 132 e Potrick pagou… ufa!!! All-in triplo, AA x 66 x AK. Deu a lógica e Potrick levou os primeiros 20 reais de knockout.

SFT reunida para mais uma final de Ranking MNPC

SFT reunida para mais uma final de Ranking MNPC

O tempo foi passando e os jogadores se estudando. Sobe o stack daqui, recupera-se ali, perde quase tudo logo depois. E assim foi se desenrolando o jogo. Cristian estava nervoso. Suas fichas eram poucas, mas ele queria fazer história: ser o primeiro campeão sem cravar uma etapa sequer, sendo premiado pela regularidade. Bastava Guto e Beiço caírem antes dele, pois Motta já tinha deixado a disputa.

(Primeiro, pausa pro churrasco. E QUE carne que o Dani assou. Churrascada mais cerveja, que custou mais que o buy-in da mesa final, mas tudo bem. Tava excelente)

Voltemos ao jogo. Cristian não se segurou muito tempo. Caiu em 8º, praticamente dando adeus à disputa pelo título. Pablo caiu em seguida, mais um eliminado por Potrick, que tirou o gasto no buy-in só com os 3 knockouts. Braga e Anderson deixaram a disputa da mesa final logo depois e o jogo se encaminhou para o final. Fazendo jus ao sobrenome, Gustavo Rocha foi quase ao fundo do poço, mas ressurgiu a dividiu a ‘chipliderança’ com Guto por um tempo. Mas a coragem excessiva estava do seu lado e ele acabou deixando a disputa para Potrick, Guto e Beiço.

Potrick precisava ficar em segundo lugar, para ultrapassar Motta e Anderson no Ranking geral, garantindo a 4ª colocação. Mas não deu. Ele estava jogando contra dois candidatos ao título, onde quem vencesse, levava o primeiro lugar. E foi assim que se decidiu. Inspirado, Guto levou a SFT e consequentemente o título do 10º Ranking MNPC.

Felizes com o churrasco: Fernando "Beiço", Guto, Cristian e Motta comemoram!!

Felizes com o churrasco: Fernando “Beiço”, Guto, Cristian e Motta comemoram!!

Com este título, o MNPC tem mais um novo campeão. São 10 vencedores diferentes, em 10 torneios diferentes.

Confira como ficou o resultado da SFT:

SFT 10

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aqui estão os 10 primeiros do 10º Ranking MNPC:

resultado final